Camaçari: Vacinação antirrábica ocorre em 22 unidades de saúde


A vacina é aplicada por um agente de controle de endemias em cães e gatos

A prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Saúde (Sesau), disponibiliza de forma permanente, em 22 unidades de saúde do município, a vacinação antirrábica, que faz parte do Programa de Controle da Raiva em Cães e Gatos.

A imunização pode ser feita sempreàs sextas-feiras, das 8h às 12h e das 13h às 17h. A exceção fica para as Unidades de Saúde da Família do Novo Horizonte e Nova Vitória, que, por conta da baixa procura do serviço, acorre de 15 em 15 dias.

Os donos dos animais que possuírem o cartão de vacina animal devem apresentar para atualização. A vacina é aplicada por um agente de controle de endemias em cães e gatos a partir de três meses de idade. A segunda dose deve ocorrer 30 dias após. Depois, só os reforços anuais.

A imunização é contraindicada para animais que apresentem sintomatologia nervosa, a exemplo de mudança de comportamento, agressividade, tremores, dificuldade de andar e engolir.

A Sesau explica que é necessária a presença de alguém capaz de dominar o cachorro ou cadela em caso de eventualidades. A secretaria indica ainda que nos animais calmos sejam colocados guias, e nos agressivos, focinheiras.

Relação das unidades de saúde:

 

Sede:

– USF dos Verdes Horizontes

– Unidade Básica de Saúde (UBS) Nova Aliança

– USF do Parque das Mangabas

– UBS da Gleba B (mais…)


Camaçari: TRANSPORTE UNIVERSITÁRIO; Recadastramento começa segunda (3)


Recadastramento do transporte universitário

Começa na segunda (3/7) o recadastramento do Transporte Universitário para o período 2017.2, que é voltado para alunos que já são beneficiados e garante a continuidade do serviço. O procedimento segue até o dia 31 de julho, das 8h às 12h e das 14h às 17h, de segunda a sexta-feira, nos postos da coordenação do programa, que estão localizados na Estação Rodoviária, na sede, e na Prefeitura Avançada da Orla, no distrito de Vila de Abrantes, na orla.

São necessários original e cópia do comprovante de matrícula carimbado e assinado pela instituição, o comprovante de residência atualizado, para conferência, e a carteirinha, para troca de selo. Nos postos de atendimento só serão recadastrados os alunos que estão atualizados em 2017.1, ou seja, que fizeram o recadastramento ou cadastro no início do ano.

Os usuários que não estão regulares terão que comparecer na coordenação da Secretaria dos Serviços Públicos(Sesp), que está localizada na avenida do Contorno do Centro Administrativo, s/n, no antigo prédio da Receita Federal.

A Sesp informa que o recadastramento só será efetuado com toda a documentação solicitada e com a apresentação original dos mesmos. No caso de documentação emitida pela internet, só será aceita mediante assinatura e carimbo do órgão representante da instituição.

Estudantes da sede e orla do município, de cursos técnicos e universitários, são beneficiados com o programa que oferece transporte gratuito. A ação é válida para quem reside na orla e estuda em instituição de ensino da sede, e para os moradores da sede e orla que estudam em cidades vizinhas.


Camaçari vai ganhar nova unidade do SENAI


Senai já oferece em Camaçari cursos técnicos e de qualificação profissional

A cerimônia de lançamento da pedra fundamental da nova unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Camaçari, que ocorre na próxima quarta-feira (5/7), às 9h, marca o início das obras e contará com a presença do prefeito AntonioElinaldo, que comemora esse importante passo da instituição.

O ato vai ser realizado no mesmo local da nova sede, que fica entre o Instituto Federal da Bahia (IFBA) e o Hospital Geral de Camaçari (HGC), e tem previsão de ser inaugurada em 2018. A nova estrutura contará com 18 salas de aula e um galpão multiuso de 1000 metros quadrados, e capacidade para atender dois mil alunos por dia. Lá, serão oferecidos mais de dez cursos técnicos, além de soluções educacionais customizadas para as empresas.

“A construção da sede própria sinaliza a importância do município no cenário industrial e consolida ainda mais a oferta de espaços de qualificação profissional da cidade”, lembra o prefeito Antonio Elinaldo.

SENAI CAMAÇARI

O Senaijá atuaem Camaçari, em um espaço cedido pela prefeitura de Camaçari, oferecendo cursos técnicos e de qualificação profissional. Entre 2014 e 2016, foram 35 mil matrículas realizadas, sendo que, destas, mais 8,3 mil gratuitas.

Entre os cursos gratuitos estão os de aprendizagem industrial básico, destinados aos jovens com idade entre 18 e 21 anos. As turmas são formadas trimestralmente, e no momento estão em andamento os de assistente administrativo, eletricista industrial, inspetor de análise de qualidade e de mecânico de manutenção de máquinas industriais, que possuem carga horáriade 470 a 500 horas/aulas.

A unidade de Camaçari também oferece cursos particulares, que são os de aprendizagem industrial técnica, como eletromecânico, eletrotécnico, mecânica, soldagem, segurança do trabalho,logísticae rede de computadores. Todos com duração de dois anos, exceto os dois últimos, que duramum ano e meio. O curso de segurança do trabalho é o único oferecido na modalidade de Educação a Distância (EAD). Para estas qualificações técnicas, o Senai disponibiliza vagas para bolsistas.


Camaçari: Base Comunitária de Camaçari promove Corridão Comunitário no PHOC II


A Base Comunitária de Segurança – BCS realizará neste sábado, 1° de julho, uma corrida em celebração à mudança de comandante da Unidade. Na ocasião, o Capitão Albert Nogueira, comandante anterior, apresentará o Capitão Arcanjo, novo comandante, à comunidade local.

No evento, organizado pelos policiais e pela própria comunidade, haverá também um café da manhã comunitário, com a participação aberta a todos os moradores.

A saída da “Corrida dos Capitães”, como está sendo chamada, está prevista para as 06 horas deste sábado (01), com início e chegada à BCS/Camaçari e percurso de aproximadamente 05 Km.

Autoria: Ascom / 12 BPM


Polo completa 39 anos gerando desenvolvimento


Polo completa 39 anos.

 

O Polo Industrial de Camaçari completa nesta quinta-feira, dia 29 de junho, 39 anos de operação. Sempre mantendo o foco na expansão, atraindo empreendimentos em diferentes segmentos industriais, o Polo é um exemplo de sucesso na sua capacidade de superar adversidades, com uma trajetória baseada na competitividade, diversificação industrial e complementação de suas cadeias produtivas a partir de um perfil de gestão moderno e inovador

 

O maior complexo industrial integrado do Hemisfério Sul revela em números a sua boa performance: o ativo total do Polo, que era de US$ 12 bilhões até 2008, saltou para US$ 16 bilhões em 2011, devendo superar os US$ 20 bilhões em 2017. São dados que demonstram o potencial de atratividade do Polo, que vem ao longo do tempo ampliando suas atividades e contribuindo para o desenvolvimento da Bahia, com a geração de mais oportunidades de emprego e renda para Estado e municípios vizinhos ao Complexo Industrial.
“Nestes 39 anos de operação, o Polo de Camaçari plantou uma base de indústrias que permitiu seu crescimento sustentável, mesmo em época de agudas crises econômicas do País e mundial, ampliando e diversificando sua oferta de matérias primas básicas e produtos finais, gerando desenvolvimento, emprego e renda”, observa o superintendente do Comitê de Fomento Industrial de Camaçari, Mauro Pereira.

 

 

EMPRESAS LÍDERES

O Polo Industrial de Camaçari abriga atualmente mais de 90 empresas, sendo 35 unidades industriais químicas e petroquímicas, e 23 parceiras no Complexo Ford. As demais estão nos segmentos de metalurgia do cobre, têxtil, bebidas, celulose, pneus, fertilizantes, energia eólica, bebidas e serviços. A localização estratégica do Polo, no município de Camaçari, a 50 quilômetros de Salvador, permite fácil acesso às indústrias através das rodovias BA-093, BA-535 (Via Parafuso), Canal de Tráfego, ferrovias, portos e aeroportos.

 

Entre as empresas do Polo, destacam-se organizações líderes em seus segmentos, como a Braskem (maior empreendimento privado do país, com atuação global), a Paranapanema (produtor de cobre eletrolítico), a BSC (que produz celulose solúvel com alto teor de pureza), a Deten Química (única produtora no país de LAB – Linear Alquilbenzeno), a Ford (com capacidade de produção para 300 mil/ano), além da Continental e a Bridgestone na produção pneus. No segmento eólico, um dos últimos implantados, destacam-se indústrias como Gamesa, Torrebrás, Alston e Tecsis.

 

 

Além disso, o Polo abriga o Complexo Acrílico da Basf, que resultou de um investimento de cerca de R$1,5 bilhão. Em suas três unidades industriais, a empresa produz, em escala global, ácido acrílico, acrilato de butila e polímeros superabsorventes (SAP), utilizando como matéria-prima o propeno fornecido pela Unidade de Petroquímicos Básicos da Braskem. Essa nova rota da produção atraiu indústrias de transformação, como a Kimberly-Clark, que fabrica fraldas descartáveis e produtos de higiene pessoal a partir dos polímeros superabsorventes fornecidos pela Basf.