1º lugar em Direito na Ufba: ‘que a escola pública sinta-se representada’


 

Apesar de esperar dois anos pela sonhada vaga em uma universidade pública, o ex-aluno da rede estadual Lívio Pereira, 18 anos, não esperava ser o primeiro colocado na corrida por uma vaga no curso de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba). “Eu atualizava o Sisu o tempo todo durante três dias. Corri gritando pela casa quando vi meu nome lá e minha mãe achou até que eu estivesse doido”, brinca o jovem, relembrando o dia da aprovação. Mas ser advogado é plano para o futuro. O que o estudante – morador da Boca do Rio, filho de uma empregada doméstica e de um motorista de ônibus – pretende agora é atualizar as séries que curte na Netflix.

Mesmo levando o 1º lugar numa das mais conceitudas faculdades de Direito do país, Lívio conta que nunca foi um aluno excelente ou o 1º da classe. A preocupação com os estudos, no entanto, chegou durante o 3º ano do ensino médio. “Com a pressão do Enem e do vestibular, eu comecei a estudar”, contou ao CORREIO, com bom humor característico.

O rapaz foi aluno do Colégio Estadual Anísio Teixeira, no bairro da Caixa D’Água, local em que despertou nele o sonho de seguir a carreira jurídica. “Eu fazia um curso técnico de segurança no trabalho e já pegava matérias específicas, que abordava conteúdos de Direito no primeiro ano. Foi aí que descobri que queria fazer o curso”, conta.

O rapaz diz que agradece aos professores da instituição pelo apoio com a escolha do curso. “Lembro que eles fizeram um teste vocacional pra mim, na época”, relembra.

Representatividade
Negro, morador da periferia, filho do motorista de ônibus Antônio Carlos e da doméstica Cristina Pereira, Lívio é o primeiro da família a entrar em uma universidade pública.

Ele diz que o sustento da casa vem do salário do pai e que a mãe mal completou o ensino fundamental. “Eu agradeço muito a Deus porque não precisei trabalhar, como meus outros colegas. Mesmo sendo humilde, meus pais me deixaram ficar só estudando”, relata.

Por falar em colegas, Lívio quer que sua conquista sirva de exemplo para outros estudantes de colégios públicos.

Batalha
Em 2016, Lívio prestou vestibular para Psicologia, mas não foi aprovado. Ele atribui o revés à falta de tempo para se dedicar completamente aos estudos. “Eu fazia o último ano de manhã, estudava de tarde e fazia um cursinho pré-vestibular à noite, no Barbalho”, explica. O curso, que na época custava R$ 150, era garantido por uma boa fatia do salário do pai.

Foi no ano seguinte que ele resolveu “se isolar” para estudar. O jovem saiu de Salvador e foi passar a maior parte do tempo na Ilha de Itaparica, em uma casa de veraneio da família.

Técnica de estudo
Como dessa vez o jovem estava sozinho, sem ajuda do cursinho, criou uma técnica diferenciada que funcionava à base de frases de incentivo. Às 6h30, por exemplo, o despertador tocava com as mensagens: “Dormir não lhe torna advogado” ou “Acorda, espartano!”

Meia hora depois era hora do café. Das 7h às 12h, o jovem estudava os conteúdos relacionados à área de Humanas. No almoço, Lívio ainda assistia vídeo-aulas para “não perder o foco”. De tarde era a hora de estudar Exatas e, de noite, era hora de se debruçar sobre a resolução de questões. “Fiz todas as provas do Enem, (aplicadas) de 2009 até 2017”, conta orgulhoso. Depois, ele começou a resolver provas de universidades de outras regiões, como a Fuvest (São Paulo).

Outra técnica adotada pelo rapaz foi criar um “cantinho do guerreiro”, um espaço que era usado apenas como local de estudos.

Diferenciado
No rolê (convívio dos amigos), Lívio é conhecido como Coroa. O apelido, segundo ele, veio por causa do seu gosto por cantores antigos, como Renato Russo, da Legião Urbana.

O jovem também tem paixão pelos lirvos. A obra Revolução do Bichos, de George Orwell, é uma das suas prediletas. “Adoro ler, ver filmes e tocar violão”, resume o rapaz, que abre a sua caminhada na Faculdade de Direito da Ufba no dia 2 de abril.

*Correio



ACM Neto será eleito presidente nacional do DEM em março, diz jornal


 

O prefeito de Salvador, ACM Neto, será eleito no próximo dia 8 de março presidente nacional do DEM, na convenção da sigla. De acordo com a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, no mesmo dia, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), fará um discurso no qual lançará as bases de sua candidatura à Presidência da República.

Ao ser questionado sobre o assunto, o democrata afirmou recentemente que alguns setores da sigla têm pedido que ele seja alçado ao cargo. No entanto, o prefeito disse que baterá o martelo neste mês.



Ministério Público pede a prisão de 17 vereadores de Camaçari


O Ministério Público da Bahia (MP-BA) pediu a prisão preventiva do presidente da Câmara de Camaçari, Oziel Araújo (PSDB), acusado de fraudar, junto com 16 vereadores, recursos públicos no legislativo municipal.
O pedido foi elaborado pelo promotor de Justiça da 7ª Promotoria de Justiça Criminal, Everardo José Yunes Pinheiro, segundo o qual Oziel “ocupa posição de comando na quadrilha estabelecida na Câmara” e exerce “grande poder e influência sobre os demais”.
Na peça, o promotor argumenta que Oziel Araújo descumpre uma determinação judicial para evitar despesas ilegais e usa manobras que, em um ano, provocou prejuízo quase meio milhão de reais aos cofres públicos.
São acusados de integrar a quadrilha, segundo investigação do Ministério Público, os vereadores Neilton José da Silva, vulgo “Pastor Neilton” (PSB), Valter José de Araújo, vulgo “Val Estilos” (PPS), José Antônio Almeida de Jesus, vulgo “Binho do Dois de Julho” (PCdoB), Maria de Fátima Almeida de Souza, vulgo “Fafá de Senhorinho” (DEM), Edevaldo Ferreira da Silva, vulgo “Jamelão” (DEM), Adalto Santos (PSD), Dilson Vasconcelos Soares, vulgo “Dentinho do Sindicato” (PT), Evanildo Lima da Silva, vulgo “Vaninho da Rádio” (DEM), Jackson dos Santos Josué (PT), Gilvan Silva Souza (PR), Ednaldo Gomes Júnior Borges, vulgo “Júnior Borges”, Anilton José Maturino dos Santos, vulgo “Niltinho” (PR), José Paulo Bezerra, vulgo “Zé do Pão” (PTB), José Marcelino dos Santos Silva (PT), Manoel Almeida Jorge Curvelo, vulgo “Jorge Curvelo” (DEM) e Teobaldo Ribeiro da Silva Neto, vulgo “Téo Ribeiro” (PT).
Junto com Oziel, eles ainda são alvo de ação de improbidade administrativa impetrada pela 7ª Promotoria de Justiça Criminal do MP em Camaçari.


Camaçari: MINHA CASA, MINHA VIDA Lista de contemplados do Sítio Verde é divulgada


 

A Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Habitação (Sehab), divulgou nesta quarta-feira (06/02), o edital de publicação com a lista dos 586 contemplados com as casas do Sítio Verde, empreendimento do programa federal, Minha Casa Minha Vida.

lista está disponível no portal da prefeitura e também na Secretaria da Habitação (Sehab), localizada na Avenida Jorge Amado. A prefeitura também divulgou a data da reunião pré-contratual, que será realizada nesta quinta-feira (08/02), às 9h, no Clube Social.

Os contemplados devem comparecer munidos dos documentos originais RG, CPF e NIS. Somente o titular poderá comparecer ao chamado. No caso da pessoa com necessidades especiais, o seu tutor legal deverá comparecer munido de documento público comprobatório, RG e CPF originais, do tutor e do tutelado.

O secretário da Habitação, Júnior Borges, falou do trabalho da secretaria em realizar os processos no prazo. “Foi um grande esforço de todos para que conseguíssemos alcançar o prazo que estabelecemos. Toda a nossa equipe da Sehab está de parabéns”, comentou.

Além das reuniões pré-contratuais e da vistoria das unidades habitacionais, os contemplados passam também pelo processo de assinatura dos contratos para depois ter a chave em mãos, processo que ocorre no dia 28 de fevereiro, juntamente com os futuros moradores do Sítio Horizonte. Ao todo serão entregues 1.027 unidades.

 



Justiça de MG decreta prisão de latino por atraso de pensão alimentícia


A Justiça de Manhuaçu (MG) decretou a prisão do cantor Latino por conta de uma nova dívida de pensão alimentícia que ele tem com a filha de 9 anos, fruto de um antigo relacionamento do cantor com a cabeleireira Neusimar Cosendei.

 

Pai de nove filhos, ele é acusado de não pegar a pensão da menina há cinco meses. A dívida gira em torno de R$ 60 mil, e o mandado de prisão foi expedido pelo juiz Walteir José da Silva, da 1ª Vara Civil da região. A mãe da criança trava uma batalha judicial com o cantor desde a gravidez.

Latino só conhece a filha por foto. “Venho desde a gravidez pedindo ajuda para alimentar a minha filha, que passa necessidades, pois mesmo eu trabalhando duro para sustentá-la, não consigo suprir todas necessidades que uma criança precisa”, desabafa Neusimar ao Extra.

 

Ela afirma que arcou sozinha com as despesas da criança durante os sete primeiros anos da menina e que Latino só chegou a depositar dinheiro para a filha após a pressão da mídia. “Ele nunca fez depósitos seguidos, e há cinco meses não manda nada e não responde as minhas mensagens”.

 

Procurado pelo Extra, o advogado de Latino disse que ainda não foi informado sobre o novo mandado de prisão. O cantor corre o risco de ser preso a qualquer momento.



Com receita anual de R$ 30 milhões, Marina Ruy Barbosa é a atriz que mais fatura no Brasil


A atriz Marina Ruy Barbosa tem colhidos os frutos por emendar uma novela na outra há quatro anos na Globo. Segundo informações do R7, a protagonista de “Deus Salve o Rei” tem um salário mensal de cerca de R$ 80 mil e ganhos anuais na casa dos R$ 30 milhões (licenciamentos, empreendimentos, redes sociais, propagandas, eventos).

Com isso, ela é atualmente a atriz brasileira que mais fatura no Brasil. Vale dizer que a atriz já foi confirmada como a mocinha de “O Sétimo Guardião”, novela de Aguinaldo Silva, com previsão de estreia para novembro.



Padilha diz que Geddel é um homem correto: ‘Conheço desde 1995’


O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, negou ter qualquer conhecimento a respeito de uma possível pressão de Geddel Vieira Lima sobre o doleiro Lúcio Funaro. Em depoimento na Justiça Federal em Brasília, nesta terça-feira (06), Padilha afirmou que Geddel é um homem “correto”, o defendendo das acusações de que teria pressionado Funaro a não delatar.

“Conheço Geddel desde quando cheguei, em 1995, em Brasília. Fomos deputados até 2010. Sempre tive nele uma pessoa correta, alguém que cumpria com suas obrigações”, disse Padilha durante o depoimento. O ministro é testemunha de defesa de Geddel no processo em que o pemedebista baiano é acusado do crime de obstrução de Justiça.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), Geddel ligava para a esposa de Funaro, Raquel Pitta, para evitar a delação do doleiro e “embaraçar as investigações contra a organização criminosa alvo da Sépsis e Cui Bono?”.

Em depoimento dado também nesta terça em Brasília, Geddel negou qualquer pressão sobre Lúcio Funaro e se disse abandonado pelos amigos.

“Esses telefonemas amigáveis devem ter feito bem à senhora Raquel Pita. Digo isso porque vejo hoje que amigos, pessoas, de longa data me lançaram em um vale dos leprosos”, afirmou.

A respeito de Funaro, o ex-ministro falou que “possivelmente os dois foram apresentados pelo ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha”, mas destacou que não se lembra dos detalhes, pois “essa memória fantástica só em elefante e delator”. Segundo Geddel, Funaro era uma pessoa “agradável”. Bahia.ba.



A modelo de Camaçari: Carol Amaral compartilhou nas redes sociais a felicidade de integrar o balé do Faustão


 

“Acabo de realizar o meu sonho, e hoje me tornei uma bailarina do Faustão!”

A modelo e dançarina Carol Amaral, compartilhou nas redes sociais a felicidade de está fazendo parte do balé do Domingão do Faustão. A dançarina, que tem 22 anos, e é natural de Camaçari, foi a Rainha do Carnaval de Salvador em 2016.

 

Em seu perfil oficial do Instagram, a modelo falou de fé e gratidão pela conquista. ” O meu coração hoje é um sentimento, gratidão… gratidão … gratidão ! Não a sonho impossível se você tem contigo força e fé, a fé move montanhas e te faz vencedor”!

E não para por aí. Carol vai participar do Carnaval de São Paulo, como Rainha de Bateria Camisa Verde e Branco.

 



Em breve, jornal do Japão terá robô como âncora


 

Para o terror daqueles que têm medo de que inteligência artificial domine os postos de trabalho dos humanos, um jornal televisivo do Japão anunciou uma novidade chocante: uma robô âncora. Erica, como a humanoide é chamada, será a primeira a ocupar um cargo do tipo.

De acordo com a revista Veja, o sistema de fala da androide é o mais avançado do mundo. Embora poucas informações tenham sido dadas sobre a novidade, a robô foi programada para ler as notícias criadas por jornalistas e interagir com o colega de bancada.

A tecnologia foi desenvolvida com o financiamento do programa científico japonês JST Erato. Embora não consiga mexer os braços, ela consegue captar diferentes sons para saber quem está interagindo com ela. A humanoide também consegue localizas pessoas por meio de 14 sensores infravermelhos.

Ansioso para ver Erica em ação? Infelizmente ainda é preciso esperar um pouco. Sua estreia na televisão japonesa será em abril.

Noticiasaominuto



google-site-verification: google9fc9670e008f5262.html